Domingo , Setembro 19 2021
decora_publicidade
decora_publicidade
publicidade_reunidas-01
anuncio_baratãodoaçõ
anuncio_forno-de-barro
anuncio_reunidas

Com o Estado “quebrado”, apoio do Governador Robinson Faria perde status de decisivo nas eleições municipais.

Outrora, quando um candidato a prefeito partia à disputa de um embate eleitoral pelo menos um apoio era considerado crucial para a sua eleição: o do governador do estado.

Funcionava mais ou menos assim: com a estrutura da máquina pública estadual dando uma “força extra” às campanhas, restava ao postulante do Executivo Municipal viabilizar-se junto ao eleitor, pois, no que dependia de estrutura e a liberação de favores diversos, quem gozava de ser apoiado pelo Chefe do Executivo Estadual gabava-se e, de certa forma, até amedrontava os rivais.

Contudo, os tempos mudaram. As condições financeiras do RN também. Com o estado praticamente quebrado, o apoio do atual governador Robinson Faria (PSD) não é mais encarado como decisivo, já que pouco tem a oferecer aos prefeitos que buscam a reeleição, e muito menos aos que vão à peleja eleitoral com o “pé no chão”.

robinson
Além disso, em termos de popularidade, percebe-se que Robinson Faria começa a ser ameaçado com o mesmo “fantasma” que tanto prejudicou a sua antecessora Rosalba Ciarlini, fato que, possivelmente, levará os seus aliados a pensarem duas vezes antes de o convidarem para participar de movimentações ou eventos públicos.

Pelo visto, o pleito de 2016 será atípico, ao menos no que se refere à importância de apoios. Mas, há quem discorde, o que é algo muito natural.

Todavia, com o desfecho das eleições municipais obteremos uma melhor noção desta análise.

A sorte está lançada!

Fonte: http://politicapauferrense.blogspot.com.br

Sobre Agência Imagineers

Veja também!

IMUNIDADE DE REBANHO DEPENDE DA IMUNIZAÇÃO DE ADOLESCENTES. PNI COMEÇA CAMPANHA HOJE.

Crianças e adolescentes representam 2,5% das internações e 0,34% das mortes no país hoje. Após …