Sexta-feira , Setembro 24 2021
decora_publicidade
decora_publicidade
publicidade_reunidas-01
anuncio_baratãodoaçõ
anuncio_forno-de-barro
anuncio_reunidas

NATAL CONFIRMA TRANSMISSÃO COMUNITÁRIA DA VARIANTE DELTA DO CORONAVÍRUS

A Secretaria Municipal de Saúde de Natal (SMS) confirmou que já há transmissão comunitária da variante Delta na capital potiguar. Após identificação do terceiro caso de contaminação pela variante, a investigação apontou que um dos casos não tem fonte de infecção/transmissão esclarecida, comprovando que o vírus circula no ambiente.

“Rastreamos todos os contatos das pessoas infectadas e não foi identificado histórico de viagem. Quando não é identificada a fonte de transmissão significa que vírus está circulando no ambiente, ou seja, já existe uma transmissão comunitária na capital”, explica a diretora do Departamento de Vigilância em Saúde da SMS Natal, Juliana Araújo.

 

 

Até o momento, Natal contabiliza três casos de contaminação pela variante do coronavírus. Os dois primeiros foram divulgados na terça-feira (24) e o mais recente nessa sexta-feira (27). Segundo a SMS, com relação ao terceiro caso, a pessoa é do sexo masculino, tem 38 anos, não tem histórico de viagem, porém teve contato com uma das pessoas que testou positivo com a nova cepa.

A secretaria ainda informou que o residente de Natal iniciou os sintomas de calafrios, tosse e coriza no dia 07 de agosto, quando procurou uma das Unidades de Básica de Saúde da capital e fez o teste de swab. No dia 10, recebeu o resultado do exame positivo. Ele já havia tomado a primeira dose do imunizante contra covid-19 e aguarda o período necessário para tomar a segunda dose.

“Esse terceiro caso em Natal não tem históricos de viagens, porém teve contato com uma das pessoas infectadas na capital com a variante Delta”, explica Juliana Araújo.

Sobre os dois primeiros casos confirmados, tratam-se de duas pacientes do sexo feminino que não tinham tomado a vacina contra a doença. Uma delas tem 32 anos e reside em outro estado. Ela chegou a Natal no dia 5 de agosto e apresentou os sintomas na mesma data. Já a outra paciente tem 57 anos e é moradora de Natal. Ela não apresenta histórico de viagem, mas começou a ter sintomas em 8 de agosto.

Com a variante Delta do coronavírus em transmissão comunitária na capital, o apelo que a SMS Natal refaz é que as pessoas completem seu esquema vacinal e não se descuidem das medidas protetivas como lavar as mãos, usar máscaras e evitar aglomerações

Sobre Marcos Almeida

Veja também!

NOVO SELO COMEMORATIVO DOS 91 ANOS DO MUNICÍPIO DE ALEXANDRIA.

A Prefeitura de Alexandria, através da Secretaria Municipal de Cultura, apresenta o novo Selo Comemorativo …