anuncio_recanto-do-sertão
anuncio_gnet
anuncio_forno-de-barro
anuncio_baratãodoaçõ
Banner
Home / Notícias Sociais / SERVIDORES FEDERAIS FALAM EM ‘RADICALIZAÇÃO’ E GREVE GERAL EM MARÇO

SERVIDORES FEDERAIS FALAM EM ‘RADICALIZAÇÃO’ E GREVE GERAL EM MARÇO

Como parte de mobilização para nova campanha salarial, lideranças sindicais das carreiras de servidores públicos já falam em greve no dia 18 de março. Este foi um dos temas discutidos em reunião do Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe), na terça-feira passada.

Na ata da reunião, os sindicalistas incluíram na agenda de mobilização o início de debate sobre uma “radicalização” para se contrapor ao que classificam de “ataques dos governos ao funcionalismo público”. A entidade indicou 18 de março como dia para uma eventual paralisação.

 

 

O fórum reúne tanto os sindicatos das carreiras de elite do funcionalismo, que incluem auditores da Receita e servidores do Banco Central, como o chamado “carreirão”, como são chamados as carreiras de nível técnico. Eles discutiram também uma estratégia “combo” de articulação: propostas que combinem a reivindicação por pautas específicas como também uma mobilização contra as “políticas neoliberais” do governo Jair Bolsonaro. Uma nova reunião foi marcada para a próxima quarta-feira, 15.

Estadão

Sobre Marcos Almeida

Marcos Almeida

Veja também!

PARA CIENTISTAS, CORONAVÍRUS CONTINUARÁ A SER UMA AMEAÇA GLOBAL POR ATÉ DOIS ANOS

À medida que China, Coreia do Sul e Cingapura veem casos novos de Covid-19 emergirem, …