Quinta-feira , Agosto 18 2022
decora_publicidade
decora_publicidade
publicidade_reunidas-01
anuncio_baratãodoaçõ
anuncio_forno-de-barro
anuncio_reunidas

UERN DECIDE EXIGIR COMPROVANTE DE VACINAÇÃO DE ESTUDANTES ANTES DA RETOMADA DAS AULAS PRESENCIAIS

A Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern) vai exigir o comprovante de vacinação para todos os alunos antes do retorno das atividades presenciais, previsto para fevereiro de 2022. Segundo a instituição, aqueles que não justificarem a ausência da vacina poderão ter a matrícula suspensa.

 

 

A decisão de exigir o passaporte de vacinação foi aprovada em regime de urgência pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe), durante uma reunião extraordinária realizada nesta quarta-feira (15).

O trecho da resolução que trata do comprovante de esquema vacinal reúne procedimentos que devem ser adotados com o reinício das atividades acadêmicas presenciais. A decisão foi unânime, entre os 18 conselheiros que participaram da reunião.

Os demais servidores da universidade, como técnicos e professores, já apresentaram os comprovantes de vacinação. Para o servidores, as atividades presenciais foram retomadas gradativamente a partir de 1º de novembro.

A Universidade informou que haverá tratamento diferenciado para os alunos que não podem se vacinar por recomendação médica ou por alguma pré-condição de saúde. Nesse caso, a instituição permitirá que os estudantes continuem com atividades remotas.

A Uern informou ainda que caso não haja justificativa para não se vacinar, o aluno poderá ter sua matrícula suspensa
G1 RN

Sobre Marcos Almeida

Veja também!

CENSO 2022 VISITARÁ 1,1 MILHÃO DE DOMICÍLIOS NO RN ATÉ OUTUBRO

Os 2,9 mil recenseadores do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) no Rio Grande …